• Pesquisa Livre
  • Pesquisa
  • Pesquisa por ref.
  • Pesquisa Livre
  • Voltar

    As empresas francesas e os franceses procuram cada vez mais Portugal

    Portugal está mais atrativo e mais competitivo para empresários estrangeiros, registando-se a ida, em massa, de empresas francesas para Portugal, disseram na semana passada responsáveis franceses no final de uma audiência com o Presidente da República, Cavaco Silva.

    thumbnail

    "A atratividade de Portugal e significativamente melhor desde há alguns anos, nomeadamente no custo e com tudo o que trouxe de bom a simplificação do Direito do Trabalho", afirmou o Presidente dos Conselheiros do Comércio Exterior da França, Pierre Debourdeau. 


    De acordo com Pierre Debourdeau, segundo um estudo, " Portugal foi comparado aos seus competidores tradicionais - países do leste da Europa e do norte de Africa - conseguindo, quase em 100% das situações, ser mais competitivo do que aqueles países". 


    Outra conclusão é que a França tem um peso muito forte em Portugal, sendo o primeiro investidor no país, continuou o responsável. "Quem já cá estava, continua a investir e a acreditar muito no país e quem não estava está a chegar em força, como a Vinci [que venceu a privatização da ANA - Aeroportos de Portugal\] e a Altice [que deverá comprar a PT Portugal\]", sublinhou Pierre Debourdeau.
    Segundo o Presidente dos Conselheiros do Comércio Exterior da França, há grandes grupos que estão a investir em Portugal, como grandes bancos. " Outra boa notícia, mostrada também pelo estudo, é que há centros de 'back office' de serviço partilhado de grandes grupos mundiais que estão a instalar-se em Portugal. Trata-se de uma indústria de serviços, que e 100% exportadora e que é boa para Portugal e também para as empresas francesas", realçou. 


    Por seu turno, o Presidente da Câmara de Comércio e Indústria LusoFrancesa, Bernard Chantrdl, afirmou que "há uma vinda em massa dos Franceses para Portugal, quer sejam empresas, quer sejam individuais, a tal ponto que uma estatística recente mostra que na compra de imobiliário os Franceses estão quase a superar os chineses".

    " Na Câmara de Comércio, todas as semanas temos duas ou três empresas que estão a pensar instalar-se em Portugal", realçou Bernard Chantrell.
    Em jeito de conclusão, o Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa diz que, "globalmente, as trocas comerciais e as relações franco-portuguesas estão no bom caminho".
    A audiência da semana passada com o Presidente da República português serviu para o Embaixador de França em Lisboa, Jean-François Blarel, transmitir a Cavaco Silva as conclusões da reunião económica franco-portuguesa, sobre o investimento francês em Portugal, que decorreu no final de 2014.

     

    Fonte: LusoJornal.com

    18-02-2015